Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O outro lado de quem está só

Estar só é a realidade de muitos. Este é um espaço de partilha, para dar voz a quem está só, a quem é feliz nesta condição... ou não. Fica o meu testemunho...

Estar só é a realidade de muitos. Este é um espaço de partilha, para dar voz a quem está só, a quem é feliz nesta condição... ou não. Fica o meu testemunho...

O outro lado de quem está só

05
Abr17

Projeto de vida...

Estou só há mais de 4 anos, sem um relacionamento dito sério e num lar partilhado apenas com o meu filho.

Este nunca foi o meu sonho, o meu projeto de vida, mas aconteceu-me, tal como acontece a tantas mulheres e homens, em todo o mundo.

Saí da casa dos meus pais para viver uma nova vida a dois, por isso nunca tinha experimentado uma vida independente, um lar só meu.

Ser feliz, ter uma vida tranquila, serena, com paz e amor, sempre foi o meu grande objetivo, por isso esta nova realidade não me tirou a vontade de viver, focada no amor.

Comecei esta nova fase focada em mim e no meu filho, decidida a amar-me incondicionalmente, em primeiro lugar e acima de tudo. Não foi fácil, porque a auto estima estava muito abalada e eu era a minha maior crítica.

Tem sido um trabalho árdua, intenso, continuo, feito com ajuda e orientação. É diária e constante a tarefa de amar-me e respeitar-me em primeiro lugar e acima de tudo; os dias não são todos bons, mas o resultado tem sido o melhor possível, apesar de, a mim, me parecer que tudo acontece muito lentamente. É assim... para ser bem feito e ter o resultado pretendido, convém que seja feito com pés e cabeça, demorando o tempo que for preciso.

Comigo tem sido assim!